sexta-feira, 30 de setembro de 2016

(Pensamentos): Sobre a Revolução Socialista


Não acredito em bandeiras revolucionarias socialistas (e, porque não dizer, não acredito em nenhuma bandeira revolucionária, pelos mesmos motivos abaixo expostos).

Se quisesse justificar cientificamente a motivação dessa afirmação, haveria de construir um tratado imenso, na tentativa de desqualificar todas as ideias de Marx e Engels, e suas interpretações do funcionamento da história e da sociedade.

Para mim, as intepretações marxistas da história e da sociedade (diferente da forma dogmática que revolucionários socialistas as tratam), não passam disso, ou seja, são interpretações e, por isso mesmo, são subjetivas, são tentativas de descrever uma visão ou língua, influenciadas pela situação do momento que vivia o pensador, por suas experiências de vida, pelo perfil daqueles em que se baseou (ou seja, por quem os carregou nos ombros, parafraseando Newton), por seus próprios objetivos pessoais e pela forma como tratou dados quantitativos (geralmente, há pouquíssima crítica quantitativa feita pelos revolucionários, pois, caso se detivessem nisso, nunca seguiriam tal linha, quase impossível de justificar em termos quantitativos, mesmo que exclusivamente estatísticos) e qualitativos.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

(Pensamentos): Sobre um assunto de meu interesse


Há alguns dias, após cerca de 6 meses que o projeto foi apresentado, a Câmara dos Deputados decidiu votar os Projetos de Leis (PL's) que tratam, entre outros assuntos, do reajuste salarial de diversas categorias de servidores do serviço público federal.

Dentre esses PL's, havia o PL 4254/2015, que me interessa pessoalmente, pois contempla o acordo que, a duras penas, conseguimos celebrar em 2015.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

(Pensamentos): Discussão vazia



Nesses tempos de intolerância é preciso que me posicione sobre alguns assuntos, a fim de preservar um pouco minha integridade física e mental e conservar algumas amizades que ainda julgo relevantes ou mesmo necessárias.

Um dos balizadores de minha convivência social atual é evitar a todo custo (até fugir) entrar em discussões vazias.

sexta-feira, 4 de março de 2016

(Pensamentos): Minha indignação

free image in http://pt.freeimages.com/photo/justice-1222496
É importante deixar claro porque me sinto tão indignado com a alegria de algumas pessoas por uma provável prisão de Lula e família.

O que gira em torno disso são os meus pensamentos a respeito do que é importante e desejável em uma democracia.

E quais são as qualidades de uma democracia?

terça-feira, 20 de outubro de 2015

(Devaneios): Ética e consciência


A ética.

Gostaria de poder falar algo a respeito.

Falo assim, ética no minúsculo, como algo que deveria ser inerente a todo ser humano, como um sentimento, como uma perspectiva única de vida. Não deveria existir outra opção para as pessoas. Seria isso, ou está fora.